Mais más notícias para quem busca recolocação ou precisa se manter em seu emprego.

Artigo escrito por Debora Lima, Diretora da NET LOGÍSTICA, voltada ao HUNTING e OUTPLACEMENT em Logística e Supply Chain

Infelizmente vem mais más notícias por aí. Gostaria de trazer boas novas, mas o que temos observado no mercado é um movimento contrário, “nunca antes visto na história deste país”.

As empresas tentam se equilibrar em uma gangorra cada vez mais instável. O mercado está sendo bombardeado por diversas informações negativas: rombo fiscal, aumento da taxa de desemprego, inflação galopante, possível aumento de impostos, câmbio instável, taxas de juros astronômicas, dificuldade de acesso ao crédito, inadimplência, perda de confiança por parte de consumidores e investidores, rebaixamento do grau de investimento do país, efeitos da globalização, desvios de recursos, etc.

Algumas empresas ainda apostam no final do ano. Outras já desconsideram essa possibilidade. Portanto, em Dezembro deveremos ter uma nova onda de demissões.

O tradicional efeito pós Carnaval deverá ampliar o temível “facão”. Muitas empresas ainda acreditam que em Março as coisas deverão melhorar. Economistas são unânimes em dizer que 2016 a recessão permanecerá, derrubando nosso PIB em mais 1% a 2%. Então, provavelmente em Março ou Abril deveremos ter mais demissões.

Em Junho, os mais otimistas deverão jogar a toalha. Até lá constatarão que nada mudou, pelo contrário, até pioraram, principalmente devido ao aumento dos custos (por pressões inflacionárias) e à dificuldade de repassá-los aos preços, já que a demanda por produtos e serviços deverá estar no “fundo do poço”.

Então, podemos esperar entre Junho, Julho e Agosto mais uma lista de dispensa de funcionários.

Pessimista eu? Não, de forma alguma. Sou realista. Acredito e torço pelo Brasil, mas convenhamos, está difícil enxergar uma luz no final do túnel com tantas informações negativas e com a paralisia dos governantes diante do caos instalado.

Bom seria se pudéssemos hibernar como os ursos. Dormiríamos por alguns meses, sem testemunhar tudo isso. Mas, não podemos. Temos que seguir em frente e continuar lutando.

Se você está empregado, faça de tudo para não ser lembrado nessas listas. Trabalhe de forma a agregar valor. E mais do que isso, mostre o valor gerado a quem você puder. É o tal do marketing pessoal! E não deixe de continuar investindo em si próprio, mesmo diante do cenário desalentador.

Está buscando uma recolocação? Então faça tudo aquilo que já lhe aconselharam e ainda alguma coisa a mais. Reveja a sua estratégia até aqui. Faça uma reflexão do que foi feito e dos resultados concretos obtidos. Não está satisfeito? Então acrescente algo novo, pois você disputará as vagas com um número cada vez maior de pessoas, e com pessoas cada vez mais qualificadas. Encare o desemprego como se fosse um emprego, no qual o grande objetivo é buscar uma nova colocação.

Busque ajuda. Só não fique parado. Como diz a música: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

Deixe uma resposta

Como podemos te ajudar?

Entre em contato com a Tigerlog se precisar de mais informações sobre nossos produtos, serviços, cursos ou até mesmo sobre informações de mercado.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS PRODUTOS E SERVIÇOS

Demos

Layout

Wide
Boxed